[Séries de TV] The Alienist



“No século XIX, acreditava-se que pessoas que sofriam de doenças mentais, estavam alienadas de sua verdadeira natureza. Especialistas que as estudavam eram conhecidos como alienistas.”


É uma série americana baseada no livro homônimo do autor Caleb Carr que teve sua estreia no canal TNT e já está disponível na Netflix com total de 10 episódios. Como amante de filmes e séries de época não puder deixa de conferir The Alienist, um thriller psicológico ambientado na cidade de Nova York no ano de 1986, época de ascensão política e industrial.






A trama inicia com um misterioso assassinato envolvendo um garoto prostituto. Tomando conhecimento do caso, o psicólogo criminal ou alienista, Dr. Laszlo Kreizler, interpretado por Daniel Bruhl, investiga a situação com a ajuda do amigo ilustrador John Moore, interpretado por Luke Evans. Logo percebe-se que não se trata de um assassino qualquer, mas de um serial killer, cujo alvo são crianças que vivem para prostituição. Os dois começam a investigação em segredo com o apoio do comissário de polícia Theodore Roosevelt (personagem que na vida real se tornara presidente dos EUA), interpretado por Brian Geraghtly, da teimosa e determidada secretária do comissário, Sara Howard, interpretada por Dakota Fanning, e dos irmãos gêmeos judeus Marcus (interpretado por Douglas Smith) e Lucius Isaacson (interpretado por Mathew Shear), ambos sargentos detetives do Departamento de Polícia de Nova York. Essa equipe peculiar utiliza táticas emergentes de psicologia e técnicas forenses para compreender o que se passa na cabeça de um dos primeiros casos de assassinatos em séries da cidade de Nova York.




Kreizler é o personagem mais intrigante da trama, seu intuito em encontrar o assassino está relacionado ao ato de impedir os crimes brutais que vem acontecendo nas ruas da cidade, como também o de estudar e desvendar os mistérios que circundam a mente humana, principalmente em compreender o que torna um homem um assassino.



Um dos aspectos que mais amei na série foi sua atmosfera sombria, no entanto, apesar da premissa da história parecer forte e pesada, a série apresenta um conteúdo inteligente e um suspense e mistério que te prende do início ao fim. A trama é muito bem desenvolvida e fechada. É o tipo de série que você assiste no máximo em dois dias, pois os episódios são dinâmicos, as personagens intrigantes e bem construídas. E não posso deixar de mencionar a belíssima cenografia, trilha sonora, figurino e fotografia da série. Cada vez que Sara Howard aparecia, era um suspiro para suas roupas. A abertura foi outro ponto que me encantou, onde vemos a desconstrução de imagens da Nova York atual, até retroceder ao tempo que se passa a série.






Sou suspeita a falar, pois The Alienist é uma série que apresenta um conteúdo que amo de paixão, afinal não é todo dia que vejo uma série de época com mistério, investigação e suspense de tirar o fôlego. Está mais do que recomendado!



8 comentários

  1. Oi Eloise. Eu amei a premissa da série apesar de saber que não irei assistir por agora já que não tenho me prendido as obras.
    Contudo, achei fascinante o mistério que envolve não somente o decorrer da narrativa mas também os personagens. Isso é claro, contando o fato que eu amo os atores.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. Esse eu não conhecia Elo :) que legal, super me interessei, pelo enredo impactante e pelo figurino!! hahaha

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Eloise, como vai? Eu nunca tinha escutado falar dessa série, mas, acredito que seja porque estou vendo mais filmes esse ano, estou deixando as séries um pouco de lado por causa dos tempo que elas tomam. Mas, como a sua indicação foi tão bem realizada, vou assistir o primeiro capítulo e ver o que acho dela.

    Beijos e abraços
    http://resenhasdaviviane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa eu achei que essa série era uma porcaria kkkk, mas vendo agora sua resenha e fotos, já sei que é ótima, minhas séries favoritas são de época, adoro esse cenário, figurino , tudo, já anotei aqui na memória depois vai para o papel kkk, adoro suas dicas de séries, traz mais sobre épocas. bjus e bom domingo.

    ResponderExcluir
  5. Oi Eloise! Assim como você disse, comecei a assistir essa série ontem sem muito expectativa, mas já estou no oitavo episódio. Não cobsigo parar, rs. Necessido finalizá-la e desvendar todos os mistérios, socorro. O cenário é bastante sombrio, mas casou perfeitamente com a trama. E sobre o figurino de Sara, bate aqui \o também acho espetacular, aliás, todo o figurino é muito bem apresentado. Concordo com tudo o que você colocou na resenha e espero terminar ainda hoje. Adorei a sua opinião, beijos.

    http://abducaoliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu vi algumas pessoas falando dessa série, mas nem liguei para saber sobre o que ela era, mas agora fiquei curiosa, parece ser muito boa.
    E como você falou que é baseada em um livro, adivinha quem já está indo procurar saber mais sobre ele? Rs. Eu não posso ver uma série ou filme baseado em livro, que pareça bom, que eu procuro o livro antes de pensar em assistir a série ou o filme, rs.
    Parabéns pelo post e obrigada pela dica :).
    Bjo
    ~ Danii

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Essa história é boa! Eu gostei muito dessa série com Luke Evans! Falar desse ator significa falar de uma grande atuação garantida, ele se compromete com os seus personagens e sempre deixa uma grande sensação ao espectador. O mesmo aconteceu com esta produção, Professor Marston e as Mulheres Maravilhas para mim o melhor filme de drama que ele faz no ano passado. Se vocês são amantes do trabalho deste ator este é um filme que não devem deixar de ver. Fez uma grande química com todo o elenco, vai além dos seus limites e se entrego ao personagem.

    ResponderExcluir

Topo