Resenha: Memórias de uma Gueixa


Memórias de Uma Gueixa
Autor: Arthur Golden
Editora: Imago
451 páginas


A história da pequena Chiyo Sakamoto tem início na aldeia de Yoroido no Japão, um lugar não muito charmoso, que poucas pessoas visitam. Ela vivia ali com sua família – seus pais e sua irmã mais velha, Satsu- numa casa próxima ao mar, que ela intitulava de “casa-bêbada”, e que segundo ela, vivia uma vida entortada. Eles eram muito pobres, seu pai era pescador, porém já estava muito velho e sua mãe era muito doente e estava prestes a morrer, a vida de Chiyo não era nada fácil, mas tudo começa a mudar no momento que ela conheceu o Sr. Tanaka Ichiro. Esse encontro foi a melhor e a pior coisa que aconteceu em sua vida, e também o que levou a pequena Chiyo anos mais tarde a se tornar uma gueixa.



Chiyo era uma menina esperta e também muito ingênua. Ela acreditava e fantasiava que o Sr. Tanaka se preocupava com seu futuro e que iria adotar ela e sua irmã. De fato, percebendo a situação que a família se encontrava, ele conversou com o pai das meninas e o convenceu que a melhor alternativa era levá-las dali. Porém, pra grande decepção de Chiyo, ela e sua irmã, não estavam sendo adotadas e muito menos indo morar com o Sr. Tanaka, estavam sendo vendidas e o destino delas era Kioto.

Resenha: O Oceano no Fim do Caminho


O Oceano no Fim do Caminho
Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
202 páginas

Foi há quarenta anos, mas ele podia lembrar de tudo como se fosse ontem. Ele estava na fazenda da Família Hempstock, mas deveria estar a caminho de um funeral, pois foi para isso que ele retornara. Todavia, estava parado diante daquele lago, ou como dizia sua amiga Lettie, diante daquele oceano. Aquele era o oceano de Lettie Hempstock, o homem se lembrava daquilo. E aos poucos, ele percebe que se lembra de tudo. 
          “-Não é um lago- corrigiu Lettie-é o meu oceano.”-pg.32



O romance é narrado em primeira pessoa pelo protagonista- cujo nome não é revelado-, um homem de meia-idade, que reflete e recorda sobre momentos estranhos que marcaram sua infância, memórias que julgava obscurecidas, mas que retornam no momento que entra na fazenda. Tudo começa aos seus sete anos de idade, ele era uma criança que amava ler,- inclusive, há várias referências de livros na história-, ele mora com seus pais e sua irmã. Naquele momento, sua família passava por dificuldades financeiras e decidiram alugar o quarto, que costumava ser dele. Porém, o homem que se hospedara em sua casa, um minerador de opala, rouba o carro da família e comete suicídio próximo a fazenda Hempstock.
Topo