[Resenha] Acerto de Contas


Resenha: Acerto de Contas
John Grisham
Editora Arqueiro
448 páginas

"-Nós só queremos respostas.
-E talvez elas não existam[...]"

Esse é aquele livro que te prende logo nas primeiras páginas. Pete Banning é um fazendeiro muito conhecido e respeitado, herói da Segunda Guerra, um marido e pai exemplar, que frequenta a igreja Metodista da região. Porém, sem explicações, Pete vai tranquilamente a igreja e mata o reverendo Dexter Bell. Ninguém consegue entender o que aconteceu, nem a família e nem ninguém da cidade. E o pior, Pete volta para casa calmamente, logo é detido e levado a prisão, se declara culpado e não se justifica.

Há algo cheirando muito mal nessa história e esse é o ponto mais intrigante da trama. A história se passa no interior do Mississipi EUA, na década de 40. Como o autor trabalhou alguns anos como advogado nota-se o quão detalhadas e críveis são as cenas de tribunal. Além disso temos um suspense histórico, que aborda os pensamentos da época, a segregação racial, a história da cadeira elétrica e momentos da segunda guerra mundial.

Contudo, o que começou de forma brilhante, acabou com o meio desnecessário e um final arrastado (pelo menos na minha opinião). O livro é dividido em três partes. A primeira me ganhou, adorei acompanhar toda a trajetória de Pete no tribunal, fiquei chocada com a frieza dele e triste e irritada por não saber de nada. Essa foi a parte mais marcante e incrível do livro.

"Você nunca vai entender, e imagino que um dia vai aprender que a vida é repleta de coisas que jamais vamos conseguir compreender. Não há garantia alguma de que podemos viver tendo pleno conhecimento de tudo. Existem muitos mistérios por aí. Aceite-os e siga em frente." 

Porém, na segunda parte temos um flashback, acredito eu para entendermos melhor o protagonista, que acabou não funcionando muito para mim. Em minha opinião, essa parte se estendeu demais e fugiu totalmente da proposta do livro. Já a terceira e última parte foi um pouco mais complicada, pois as personagens estavam ali e  ao mesmo tempo não estavam, era como se elas já tivessem desistido da história.

Confesso que mesmo com os pontos negativos, eu não desisti do autor. Esse foi meu primeiro contato com sua obra e apesar da história não ter sido 100% pra mim, foi uma leitura que teve seus pontos altos, uma escrita inteligente com direito a suspense, mistério e aspectos históricos.

Eloise G.F

2 comentários

  1. Eu ja li um livro desse autor a muuuuitos anos, nem lembro qual titulo foi amiga, mas lembro que achei mediano tb, não foi dos melhores, mas com certeza valeu a pena!
    Eu tenho vontade de ler novamente, quem sabe não leio esse!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Tenho acompanhado seu blog há algum tempo e recentemente fiz uma lista de blogs literários ativos em 2020, que está disponivel na Pousada Nerd. Coloquei seu blog na lista como ele aparentemente está ativo.

    Estou pensando em criar uma iniciativa para realizar sorteios e estimular os comentários nos blogs participantes, se tiver interesse, diga um oi no nosso site. Estarei acompanhando seu trabalho.

    Um abraço

    Marcos Mariano/Pousada Nerd

    https://www.pousadanerd.com/174-blogs-literarios-para-buscar-parcerias/

    ResponderExcluir

Topo